A TODAS AS MÃES, O MEU CARINHO


Mãe 
(Mário Quintana)

Mãe... São três letras apenas
As desse nome bendito:
Também o Céu tem três letras...
E nelas cabe o infinito.
Para louvar nossa mãe,
Todo o bem que se disse
Nunca há de ser tão grande
Como o bem que ela nos quer...
Palavra tão pequenina,
Bem sabem os lábios meus
Que és do tamanho do Céu
E apenas menor que Deus!

*

Ser Mãe 
de Coelho Neto  

Ser mãe é desdobrar fibra por fibra 
o coração! Ser mãe é ter no alheio 
lábio que suga, o pedestal do seio, 
onde a vida, onde o amor, cantando, vibra. 

Ser mãe é ser um anjo que se libra 
sobre um berço dormindo! É ser anseio, 
é ser temeridade, é ser receio, 
é ser força que os males equilibra! 

Todo o bem que a mãe goza é bem do filho, 
espelho em que se mira afortunada, 
Luz que lhe põe nos olhos novo brilho! 

Ser mãe é andar chorando num sorriso! 
Ser mãe é ter um mundo e não ter nada! 
Ser mãe é padecer num paraíso! 
*

RETRATO DE MÃE 

Dom Ramon Angel Jara


Uma simples mulher existe, que

Pela imensidão do seu amor, tem um pouco de Deus;

e pela constância de sua dedicação, tem muito de Anjo;

Que, sendo moça, pensa como uma anciã;

Sendo velha, age com toda força da juventude;

Quando ignorante, sabe desvendar melhor que qualquer sábio

os segredos da vida;

Quando sábia, assume a simplicidade das crianças;

Pobre, sabe enriquecer-se com a felicidade dos que a amam;

Rica, empobrece-se, para que seu coração não sangre

ferido pelos ingratos... 

Forte, estremece ao choro de uma criancinha;

Fraca, entretanto, se alteia com a bravura dos leões;

Viva, não lhe sabemos dar valor ,

Porque à sua sombra todas as dores se apagam;

Morta, tudo que somos e tudo o que temos 

Daríamos para vê-la de novo e dela receber um aperto de seus braços e uma palavra de seus lábios.

Não exijam de mim que eu diga o nome dessa mulher, se não quiserem que ensope de lágrimas este álbum, porque eu a vi passar no meu caminho.

Poema dia das mães

0 comentários:

Postar um comentário