Literatura: conceitos fundamentais

                   A obra de arte escrita

*Tudo o que falamos some no espaço.
*São parecidos os elementos de uma classe. Leões, por exemplo, são parecidos. Mas não há leões iguais.
*Uma classe pode conter subclasses.
*Podem-se repetir as palavras, mas não como foram pronunciadas.
*Quanto mais longa a frase, mais difícil repeti-la.
*Uma parte da memória dos homens vem sendo assumida por instrumentos de gravação e registro.
*Uma certa perda de memória se nota nos homens da vida moderna; uma prova disso é que estes não conseguem mais guardar provérbios.
*Literatura é memória.

Função poética da linguagem

As palavras são símbolos, porque representam coisas, ideias.
Uma palavra ou símbolo tem referência quando aponta um objeto real.
Há palavras que não têm referência, porém sugestões (saci, fantasma, fada etc).
Quando uma palavra desperta nossa atenção mais para si do que para sua referência, dizemos que ela está provida de função poética.
A função poética de uma palavra tende a aumentar à medida que ela se repete ao longo do texto e se combina com outras expressões, igualmente poéticas.

Instrução para os exercícios de 1 a 7

Coloque um X nas afirmações que interpretam corretamente os elementos da obra de arte escrita.

1. ( ) A fala desaparece no espaço - mais por causa da desatenção do que por qualquer outro motivo.
2. ( ) Na natureza, nem todos os indivíduos são singulares: alguns vegetais, por exemplo, são exatamente iguais aos outros.
3. ( ) O que muda são as palavras, e não o modo de pronunciá-las.
4. ( ) Memória e tradição oral são fatores relacionados um com o outro.
5. ( ) As editoras trabalham basicamente com a informação tipografada.
6. ( ) A letra é um fator de preservação ou registro do discurso.
7. ( ) Com a agitação da vida moderna, os provérbios foram desaparecendo.

Gabarito dos exercícios acima

As alternativas que devem ser assinaladas são as de número 4, 5, 6 e 7.

fonte: www.analisedetextos.com.br

2 comentários:

Postar um comentário