JOSÉ SARAMAGO - RESENHA - O ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA

José Saramago
    José de Sousa Saramago foi um escritor, argumentista, teatrólogo, ensaísta, jornalista, dramaturgo, contista, romancista e poeta português. Foi premiado com o Nobel de Literatura de 1998.
Nascimento: 16 de novembro de 1922, Azinhaga, Portugal
Falecimento: 18 de junho de 2010, Lanzarote, Espanha
Filha: Violante dos Reis Saramago
Prêmios: Nobel de LiteraturaPrêmio Camões
Filiação: Maria de PiedadeJosé de Sousa

                                 RESENHA "O ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA"

    Um motorista parado no sinal se descobre subitamente cego. É o primeiro caso de uma "treva branca" que logo se espalha incontrolavelmente. Resguardados em quarentena, os cegos se perceberão reduzidos à essência humana, numa verdadeira viagem às trevas.

  O Ensaio sobre a cegueira é a fantasia de um autor que nos faz lembrar "a responsabilidade de ter olhos quando os outros os perderam". José Saramago nos dá, aqui, uma imagem aterradora e comovente de tempos sombrios. Num ponto onde se cruzam literatura e sabedoria, José Saramago nos obriga a parar, fechar os olhos e ver. Recuperar a lucidez, resgatar o afeto: essas são as tarefas do escritor e de cada leitor, diante da pressão dos tempos e do que se perdeu: "uma coisa que não tem nome, essa coisa é o que somos".

2 comentários:

Postar um comentário